Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Atividades’ Category

O professor e fotógrafo italiano Antonello Veneri está promovendo, na Italia Amica, o seu curso prático de olhar fotográfico, que será relizado na sede da escola nos meses de Junho e Julho de 2013. Alunos da Italia Amica têm desconto no curso.

Para maiores informações entre em contato através do telefone 9306-1081, do e-mail antonelloveneri@hotmail.com, ou através da secretaria da escola no telefone 3329-2822.

Curso Olhar Fotográfico - Italia Amica

Anúncios

Read Full Post »

A Italia Amica está promovendo o seu 1º curso de Italiano Jurídico ministrado pela advogada italiana Lívia Santoro.

O curso é destinado à estudantes e operadores do direito, que desejam adquirir conhecimentos específicos na língua italiana, para atuar com segurança e desenvoltura em questões jurídicas.

Durante as aulas, serão abordadas situações típicas do dia a dia do profissional do direito. Como aconselhar os clientes italianos, elaboração de contratos e até mesmo entrevistas de trabalho para assessoria jurídica de uma empresa italiana serão alguns dos temas abordados no curso, bem como noções nas principais áreas do sistema jurídico italiano (Direito constitucional, Procedimento penal, Procedimento civil, Contratos etc).

No final do curso será realizada a simulação de uma audiência de julgamento (Mock Trial), na qual os alunos deverão desempenhar os papéis dos diferentes profissionais envolvidos.

O curso será realizado entre os dias 12 e 27 de Julho de 2013 e terá a carga horária de 20h. Para maiores informações, entre em contato com a Italia Amica através do telefone (71) 3329-2822 ou do e-mail itam@italiaamica.com.br

Curso de Italiano Jurídico em Salvador

Read Full Post »

nascita della repubblica italianaNo dia 2 de junho se celebra o nascimento da República Italiana. Nesse dia, em 1946, com o término da guerra, com o fim dos 20 anos de fascismo, e após 85 anos de reino, os italianos, e pela primeira vez, também as italianas, foram às urnas para decidir em um Referendum, qual forma de governo dar ao país: monarquia ou república.

Venceu a república com 12.718.641 votos contra 10.718.502 favoráveis à monarquia. Nessa mesma ocasião, os italianos também elegeram uma Assembléia Constituinte, que escreveu a nova Constituição do país.

Essa Constituição fez da Itália uma República parlamentarista. Os monarcas foram exilados e o país se encaminhou em direção à reconstrução de suas cidades, casas, estradas e ferrovias destruídas pelos combates e bombardeamentos aéreos.la bandiera tricolore

Dois anos antes do nascimento da República Italiana, no final da guerra, em 1944, ocorreu o “Massacre de Marzabotto”, no Apenino Emiliano, próximo à Bolonha, quando crianças, mulheres e idosos foram trucidados pelos soldados alemães em retirada.

A história do massacre foi reconstruída em um filme em que tudo é visto pelos olhos da pequena Martina, uma menina de 8 anos, filha única de uma família de camponeses, que deixou de falar desde que viu morrer em seus braços o seu irmãozinho recém-nascido.

l'uomo che verrà 2Martina deseja a chegada de um outro irmão, que nascerá exatamente no momento em que a guerra transforma tragicamente a sua vida.

“L’uomo che verrà” de Giorgio Diritti, é um filme que penetra na realidade do tempo e do lugar, não só através das imagens, mas também dos diálogos em dialeto bolonhês da época.

l'uomo che verràVencedor de prêmios em vários festivais, entre 2009 e 2010, o filme será exibido em edição original com legendas em italiano na Italia Amica no dia 01 de junho às 17:30, durante as festividades em comemoração à Festa della Repubblica Italiana.

 

 

 

 

 

 

Read Full Post »

Castagnole

Morando em uma rua que dá acesso aos dois circuitos do carnaval de Salvador, que no Guiness BooK é citado como a maior festa de rua do planeta, mas sem nenhuma vontade de ir à festa, almoçávamos e falávamos das nossas lembranças de carnavais passados. Stefano, nascido em Roma, não lembrava-se de festas na “cidade eterna”, mas dos doces típicos de carnaval da sua infância: as “castagnole” e as “frappe”. Uma tradição gastronômica italiana, predominando sobretudo, os doces fritos.

Já Daniela, também romana, lembrava-se dos carnavais da sua infância e das fantasias que usava para passear pelas ruas de Roma ou para ir a um dos bailes que tradicionalmente se organizavam nas casas.

Fantasia de baiana

As minhas lembranças também estão relacionadas às fantasias. Recordo-me de certo ano em que eu tinha duas fantasias para usar nos três dias de festa, uma de baiana e a outra de romana. As duas eram belas, mas o tecido da fantasia de romana me incomodava, coçava a minha pele. Assim, eu queria me fantasiar apenas de baiana, aborrecendo muito minha mãe, que amava as fantasias elegantes, como aquela de uma velha fotografia onde se podia vê-la, desfilando em cima de um carro alegórico do Clube Fantoches, em um longínquo e saudoso carnaval  de Salvador.

Essa festa carnavalesca com fantasias e carros alegóricos chegou ao Brasil por volta do século XVII, influência européia, especialmente italiana e francesa, onde as festas de carnaval ocorriam com desfiles, fantasias e máscaras, muitas das quais representando personagens da “Commedia dell’Arte”, como pierrôs, colombinas e polichinelos.

As máscaras e as fantasias são tradição no carnaval de Veneza, inspiradas nos elegantes trajes dos séculos XVII e XVIII ou nos personagens da “Commedia dell’Arte”.

O carnaval de Veneza surgiu no século XVII, quando a nobreza costumava se disfarçar com máscaras para sair às ruas e misturar-se com o povo. A partir daí, as máscaras tornaram-se tradicionais nas festas carnavalescas venezianas. Por toda a cidade encontram-se lojas que as

Máscaras de Veneza

vendem, desde as mais simples, fabricadas em “cartapesta”, uma mistura de gesso e pasta de papel, até as mais sofisticadas, banhadas em metal, ornadas com ouro ou prata. A mais famosa delas é a “bauta”, máscara branca em forma de bico completada por um chapéu de três pontas e uma capa preta de seda. O uso das máscaras chegou até a ser proibido, por causa de inúmeros abusos praticados sob o seu anonimato.

O carnaval de Veneza dura 10 dias. No final do século XI, segundo escritos da época, durava até 6 meses e chegou quase a desaparecer no século XIX. Mas, desde 1980 vem sendo revitalizado, recuperando a participação popular e todos os anos atrae milhares de visitantes que vêm participar das inúmeras manifestações organizadas: bailes, espetáculos teatrais, exposições de arte, concurso de fantasias, eventos gastronômicos, oficinas culturais, ou espontâneas como os espetáculos improvisados nas ruas por artistas populares, ou simplesmente observar na Praça São Marcos as belas e ricas fantasias que chegam para os luxuosos bailes, quem sabe com um personagem público famoso por detrás delas. Além de tudo isso, naturalmente, passear pelas ruas, praças e pontes da inesquecível “La Serenissima”.

Carnaval de Veneza

O tema do carnaval de Veneza 2011 foi “Ottocento – da Senso a Sissi, la città delle donne”, em homenagem aos festejos dos 150 anos da unificação italiana e da coincidência da terça-feira de carnaval ser em 8 de março, Dia da Mulher. O título se refere também à obra-prima cinematográfica de 1954 de Luchino Visconti (Senso) e à Princesa Sissi, símbolo da elegância do século XIX.

O encerramento do carnaval de Veneza não poderia ser mais romântico e sugestivo, diferente de qualquer outro: um cortejo pelo Canal Grande só com gôndolas e barcos a remo e com os edificios a beira do canal iluminados à luz de velas e a chegada à Praça São Marcos apinhada de gente e com lanternas luminosas voadoras. Uma imagem mágica e misteriosa, que evocava uma Veneza do século XIX e de antigos carnavais, para saudar o ano, que como se diz no Brasil, só começa depois do carnaval.

Read Full Post »

ZERO!

Riecco aperto il nostro sito dopo tanto tempo.
Una buona notizia e una buona occasione per inaugurare questo blog. Ringraziamo Alessandro che tra università, stage e tutto il resto è riuscito a ricostruire uno spazio, di cui molti avevano giustamente reclamato la perdita. Lo ha modernizzato e arricchito. Adesso tocca a noi.
Numero zero… via!

La funzione di questo blog è la stessa della nostra scuola e del sito: avvicinare il più possibile i brasiliani alla lingua italiana e rendere più facile, interessante e piacevole, impararla. Per far questo abbiamo bisogno di sentire sempre la vostra voce. In questo, la fortuna ha voluto darci una mano. Proprio l’altro ieri infatti, il 15 maggio alle 18.00, c’é stato il sorteggio del Concorso per la borsa di studio di un mese in Italia offerta  ai nostri alunni, dalla Scuola Edulingua. Come sapete per partecipare si doveva presentare una composizione sul tema: “Perché voglio studiare l’italiano in Italia”.

 Il numero estratto è stato il 28, abbinato all’

Alunna vincitrice: Martha Reis

Sono stati anche estratti i numeri riserva, in caso Marta non possa andare, sono:

Prima riserva: Maria das Graças Pereira
Seconda riserva: Jonata Pimentel
Terza riserva: Luana Bathomarco

Buon viaggio al fortunato vincitore e fortunati anche noi ad avere un materiale così ricco in mano: i vostri desideri e sogni sulla lingua italiana e sull’italia. Impossibile trovare qualcosa di meglio per iniziare. Apriamo allora con quest’opera collettiva. Costruita con pezzettini di quello che avete scritto. Complimenti a tutti, perché le 38 idee messe insieme sono davvero un’opera unica e specialissima su voi tutti.

PERCHÉ VOGLIO STUDIARE L’ITALIANO IN ITALIA?

Continue lendo

Read Full Post »

%d blogueiros gostam disto: